MENU
Persona ou público-alvo? Entenda a diferença e conheça seu cliente

Persona ou público-alvo? Entenda a diferença e conheça seu cliente

Para que uma empresa tenha sucesso, é muito importante que ela entenda para quem está vendendo e quem é exatamente o seu público. E para compreender isso com um pouco mais de profundidade, são necessários alguns estudos. Se você tem um negócio próprio, pode ser que já tenha ouvido falar de termos como “Buyer Persona”, “Público-Alvo” ou “Cliente Ideal”. Mas você sabe o que cada um desses conceitos significa e como eles podem ajudar a sua empresa?

 

Público-Alvo

Um dos conceitos mais consolidados do marketing, o estudo de público-alvo busca entender quem são pessoas para as quais sua empresa está vendendo um determinado serviço ou produto. Para entender quem é o público-alvo, é feito um estudo que leva em consideração alguns aspectos demográficos, comportamentais e socioeconômicos que formam o perfil de quem compra naquela empresa ou consome um determinado produto.

Vamos supor que você tem uma concessionária de carros populares. Depois de um estudo com o seus clientes, seu departamento de marketing ou a agência encarregada vai traçar que seu público-alvo é, por exemplo, um grupo de homens, de 20 a 50 anos, casados, de classe B e C que procuram veículos de qualidade, mas com preço competitivo e facilidades de pagamento.

O público-alvo é um recorte bastante abrangente do seus clientes e não leva em consideração muitas peculiaridades. Tanto a faixa de idade, quanto as características socioeconômicas e comportamentais estão inseridas dentro de um recorte bastante grande que abrange vários tipos de pessoa. Mesmo assim, um estudo de público-alvo é bastante importante para uma empresa que queira conhecer mais sobre quem se interessa pelo seu produto, e é um conceito ainda amplamente utilizado em marketing.

 

Cliente ideal

O cliente ideal já é um conceito que segmenta de uma maneira um pouco menos abrangente o seu cliente. Um cliente ideal é definido levando em conta mais aspectos como por exemplo, o engajamento dele com a marca; a sua compreensão sobre aquele produto ou serviço; a sua identificação com a marca; a frequência em que ele compra ou utiliza seus serviços; e quais as vantagens que ele tem ao utilizar aquilo que a sua empresa oferece.

Esse cliente ideal, como o próprio nome sugere, é definido a partir daquela pessoa ou empresa que você sonha em alcançar. O estudo é feito mais ao menos do mesmo modo que o público-alvo. Ou seja, o cliente ideal é montado através de uma base de dados que a sua empresa tem sobre seus clientes. Porém, aqui alguns outros fatores são levados em consideração, como por exemplo: frequência de compra, ticket médio, potencial que aquele cliente tem de recomendar seus produtos ou serviços, etc.

Aqui, além de dados, são também coletadas algumas informações importantes sobre o comportamento de compra do cliente. É interessante que o cliente ideal seja definido antes do estudo da buyer persona.

 

Buyer persona

A Buyer Persona é formada a partir de um estudo muito mais detalhado dos seus clientes. Os dados também podem ser coletados através de um estudo de público, porém eles levam em consideração muito mais peculiaridades sobre as pessoas que adquirem seus produtos ou serviços. Um estudo de persona leva em conta, além dos dados demográficos como idade e sexo, outras questões como características psicológicas, desejos, necessidades, estilo de vida, e etc. Uma buyer persona é definida através de dados como: gostos, costumes, necessidades, objetivos e o que a sua empresa pode fazer para ajudar aquele cliente. É entendendo quem é a persona, ou as personas do seu negócio que você pode criar estratégias mais precisas para atingir o seu público.

Um estudo de persona permite entender com um pouco mais de profundidade em que tipo de rede social a sua empresa deve estar inserida, qual a linguagem que deve ser utilizada, quais produto vão ter mais saída, quais estratégias irão impactar de maneira mais certeira o seu cliente, entre outras questões.

Vale lembrar que todos esses estudos são muito importantes para as estratégias de marketing, e cabe à agência escolhida ou ao seu departamento de marketing entender qual dessas estratégias funciona melhor para entender e impactar o seu cliente.

 

Se você quer contar com a ajuda de quem entende tudo de estudos de público, você tem que conhecer a Sexto Andar. Somos uma agência comprometida com nossos parceiros e tratamos todos os nossos clientes de acordo com suas necessidades e peculiaridades. Entre contato e venha tomar um café conosco!