MENU
Entenda como funciona o novo MarketPlace do Facebook

Entenda como funciona o novo MarketPlace do Facebook

Ofereça seus produtos para interessados através do MarketPlace, ferramenta que possibilita a compra e venda entre os usuários do Facebook

Já criou uma página no Facebook no intuito de divulgar melhor seu produto e consequentemente alavancar as vendas, mas ainda não viu nenhum resultado? A solução para este problema pode estar no MarketPlace, ferramenta da rede social, que viabiliza compra e venda de produtos entre os usuários, e também entre páginas profissionais.

Embora a ferramenta tenha sido lançada no ano passado, ela só foi disponibilizada no Brasil em 2018. Mas afinal, qual a diferença entre um MarketPlace e um e-commerce?.  Na verdade, o conceito de e-commerce é uma loja virtual em que uma empresa vende seus próprios produtos, enquanto o MarketPlace é uma plataforma mediada por uma empresa, em que vários outros lojistas podem se cadastrar e vender.

Para os usuários, o MarketPlace representa mais praticidade. Afinal, ele pode ver, em um único site, ofertas de vários vendedores. Assim, é possível comparar e escolher o melhor preço facilmente.

A prática de vendas, através do Facebook já era muito comum em grupos. No entanto, quem busca por produtos específicos sabe que o visual do feed de grupos pode não ajudar muito, principalmente pela quantidade de conteúdo. Para deixar essa ação mais simples, o MarketPlace permite buscar por categorias ou produtos específicos nos anúncios e fazer ofertas diretas. As mensagens são trocadas entre o comprador e vendedor de forma privada.

Como utilizar a ferramenta

Até aqui deu para ver que o MarketPlace parece mesmo ser muito bom, não é mesmo? Caso esteja pensando em apostar na ferramenta, segue abaixo algumas instruções e pontos importantes a serem considerados, assim como alguns aspectos da sua funcionalidade.

A parte operacional do MarketPlace é bem simples, mas requer atenção. Basicamente, você deverá fazer um cadastro da sua empresa e dos seus produtos. Então, os itens passam a ser divulgados. Eles aparecem em pesquisas e são sugeridos aos usuários de acordo com seu histórico de buscas e compras.

 

Taxas e encargos

É fundamental estar atento à comissão cobrada pela empresa que gerencia o MarketPlace. A comissão corresponde a um valor que vai de 9.5% a 30% de cada venda realizada. Essa variação corresponde ao nível de divulgação que você solicita durante o seu cadastro: quanto maior a visibilidade dos seus produtos, maior também a comissão.

Além da cobrança da comissão, o MarketPlace também possui um prazo para liberação dos valores que você recebe em vendas. Este prazo varia de 02 a 45 dias, contados a partir da postagem ou entrega do pedido. É uma maneira de garantir que o vendedor vai atender devidamente o cliente. Considere estes fatores e faça uma análise de viabilidade financeira detalhada antes de decidir se vale a pena implementar o MarketPlace.

Finalmente, leia também as políticas e termos do MarketPlace. Você tem a obrigação de adequar-se a estas condições. Do contrário, pode receber denúncias dos clientes e ser retirado da plataforma, ou punido de outras maneiras. Tenha em mente que as empresas que mantém um MarketPlace são muito rigorosas com o cumprimento de normas. Afinal, sua reputação está em jogo.

Para ficar por dentro de todas as novidades do Marketing Digital, não deixe de conferir sempre o blog da Sexto Andar. Nosso time está sempre conectado para garantir as melhores oportunidades para o seu negócio. Entre em contato já para descobrir como nós podemos te ajudar a crescer.